Como ampliar a gestão de relacionamentos empresariais e trabalhar network?

Graças ao avanço da tecnologia, o mundo parece cada vez menor e as pessoas mais conectadas, o que leva a entender a importância de uma boa gestão de relacionamentos empresariais e fortalecimento do networking.

Além do bom e velho bate-papo, com a ajuda das redes sociais, aplicativos de mensagens e até plataformas colaborativas na internet, é possível conectar pessoas mesmo que não estejam fisicamente próximas.

Atualmente, fazer networking e ampliar a rede de contatos é uma maneira interessante de conseguir bons negócios para uma financiadora de carros, ou qualquer outro tipo de empreendimento, se desenvolver como empreendedor e melhorar os resultados de uma empresa.

Para qualquer empresário ou empreendedor, é essencial estar em contato constante com pessoas que, de alguma forma, possam contribuir para o crescimento pessoal ou profissional. 

O que é gestão de relacionamentos empresariais?

O BRM (Business Relationship Management) é definido como uma filosofia, capacidade, disciplina e função para evoluir a cultura, construir parcerias, gerar valor e satisfazer o propósito de uma empresa.

A priorização de relacionamentos baseados em negócios permite que líderes de empresas, possam compartilhar habilidades e conhecimentos entre as equipes, em uma parceria geradora de valor e que visa criar oportunidades para todos os participantes envolvidos.

Desse modo, o BRM pode ser descrito como um conector entre um provedor de serviços e uma empresa que deseja utilizar uma parceria e, assim, melhorar as conexões B2B (Business To Business) ou, mais comumente, as conexões B2C (Business To Consumer)

Aprender a combinar esforços, e aumentar ainda mais o retorno do investimento para ambos os negócios envolvidos, é uma maneira fácil de construir altos níveis de autoridade em um setor competitivo como avaliação patrimonial, estabelecendo uma rede de clientes maior.

Quando feito corretamente, um relacionamento comercial não deve funcionar como uma transação, mas sim como uma parceria na qual duas partes trabalham juntas em direção a um objetivo compartilhado. 

Gestão de relacionamentos empresariais e networking

Quando líderes e gestores, e todos os níveis profissionais, encaram uma situação de networking, a única motivação deve ser conhecer pessoas com quem se pode ter uma forte conexão profissional.

Além disso, avança para um campo em que se deseja compartilhar um relacionamento que será bom para ambas as partes, e que durará indefinidamente. 

Obviamente, um bônus nessa situação é que as pessoas com quem se estabelece um relacionamento profissional podem apresentar-se a outras pessoas, com as quais também há uma forte conexão profissional. 

A verdade é que ambos estão estabelecendo relacionamentos, cujo objetivo é alcançar mais sucesso nos negócios, como a venda de placa de ACM preço mais justo e acessível aos clientes em potencial.

Não há nada de errado com isso, pois ambos podem ajudar a chegar além do ponto de origem, ou que o profissional, ou mesmo toda uma empresa, se encontre, agregando ideias e contatos.

Um profissional deve pensar em networking como conhecer outras pessoas e permitir que elas conheçam habilidades e conhecimentos que podem ser explorados, de uma maneira sadia, e que deve funcionar bem para ambos.

O networking é eficaz se a pessoa estiver tentando estabelecer relacionamentos por muitas razões diferentes, como:

  • Alcançar um público diversificado;
  • Estabelecer contatos de trabalho;
  • Fortalecer relacionamentos para parcerias estratégicas;
  • Gerar novos negócios.

Não importa o que aconteça, o networking é uma parte essencial de qualquer negócio. 

Todo empreendedor deve aceitar o fato de que tem a responsabilidade de fazer networking da maneira mais eficaz possível, mesmo que seja para uma estratégia específica.

Como as pessoas devem fazer networking

Existem diferentes maneiras de se fazer um networking.

Um primeiro ponto, e fundamental, quando se trata de networking, é simplesmente entregar  um cartão de visita a alguém sem realmente envolver essa pessoa primeiro, já que ele é uma mera ferramenta, e não toda a interação. Contanto, esse modelo atualmente é visto como mais frio.

Lembre-se que a conversa frente a frente, humana, é parte essencial da conexão, e o cartão de visita é uma forma organizada de poder entrar em contato com a pessoa após o fato. 

Um profissional que trabalha com projeto energia solar preço, por exemplo, tem a responsabilidade de conhecer a outra pessoa o melhor que puder antes que qualquer interação seja feita efetivamente.

Para isso, é preciso dedicar tempo e esforço com a outra pessoa, antes que algo aconteça, ou quaisquer resultados sejam alcançados. 

Se um profissional não é capaz de construir um relacionamento sólido com a outra pessoa, o networking terminará antes mesmo de começar.

Dicas para a formalização do networking

Quem deseja fazer networking sadio e agradável precisa valorizar os relacionamentos, e depois cultivá-los e nutrí-los, para então mantê-los vivos e saudáveis. 

Para melhor compreensão, seguem 6 dicas que podem ajudar a expandir efetivamente uma rede de negócios e proporcionar melhor gestão de relacionamentos empresariais.

1. Identifique pessoas que podem ajudar nos negócios

Desde o princípio, vale fazer uma lista de possíveis relacionamentos que se gostaria de estabelecer, seja pelos nomes dos indivíduos ou por empresas e cargos. O profissional não pode perseguir os alvos até saber quem são e quais atividades exercem.

Eles podem já ser relacionamentos existentes, mas é preciso escrever ao lado de cada nome, de forma identificável e precisa, o que se pensa que a pessoa pode fazer para ajudar nos negócios.

2. Entre em contato e se mostre presente

A parte mais importante dessa comunicação regular é garantir que o profissional esteja ciente das necessidades de terceiros, como um serviço de logística internacional, não apenas da própria empresa e dos negócios.

Ajudar pessoas importantes a alcançar os objetivos torna uma marca muito mais valiosa para elas. 

Vale desde utilizar as redes sociais para perguntar o que estão tentando realizar e como a empresa pode ajudar. E isso deve ser feito sempre e quando puder, para manter uma regularidade e a marca viva na mente das pessoas.

3. Encontre maneiras de retribuir a eles 

O desenvolvimento de uma lista dos interesses das pessoas deve ser produzido desde o início dos negócios. Pode-se discutir esses interesses quando a empresa entra em contato.

Dessa forma, cada indivíduo passa a saber que a marca se lembra e se preocupa com seus interesses. 

Nesse sentido, quando houver algum artigo interessante e relevante sobre climatizadores evaporativos, dentro das ferramentas de divulgação, vale encaminhar para o contato apropriado. 

Quando um profissional conhece uma pessoa inteligente em determinada área de atuação, a empresa precisa fazer uma apresentação. 

Quando souber de um evento corporativo, é preciso convidar a pessoa interessada para participar. Isso proporciona o fornecimento de valor aos contatos, e o que se espera é receber a mesma moeda em troca.

4. Reconheça-os usando as redes sociais. 

A empresa, por meio de estratégias de networking avançadas, pode debater sobre o trabalho de terceiros, parabenizar as realizações e mantê-los dentro de discussões sadias.

A ideia, neste ponto, é mostrar à rede de networking que há uma gestão de relacionamentos empresariais, e que a empresa está ciente da importância do trabalho deles. 

5. Pense e pesquise sobre contatos 

Após a realização de uma lista de relacionamentos, ela precisa de manutenção e atualização. 

Por isso, é preciso definir um horário periódico para revisar a lista, atualizá-la e pensar novamente em como essas pessoas podem ajudar um profissional, ou a empresa em si, e como a organização pode ajudá-las. Lembre-se que as necessidades mudam com certa frequência.

6. Faça com que eles se sintam importantes

Para fortalecer o networking, é preciso se certificar de que as pessoas envolvidas na estratégia da gestão de relacionamentos empresariais saibam que a marca as aprecia e reconhece a importância como parceiro, cliente ou fornecedor. 

A gratidão proporciona que a empresa possa trilhar um caminho de sucesso, relevância e autoridade na área em que atua, se destacando perante o mercado consumidor e a própria concorrência.

O papel da inteligência de relacionamento

As organizações podem enriquecer os dados de CRM (Customer Relationship Management) com inteligência de relacionamento a partir de fontes externas. 

Essas fontes externas podem ajudar a revelar oportunidades de indicações e apresentações, aproximando do próximo grande negócio na venda de laje protendida para o mercado da construção civil, por exemplo.

Com o volume de dados disponíveis em domínio público, as organizações podem consumir essas informações para fazer a gestão de relacionamentos empresariais e expandir a rede de networking.

O capital de relacionamento é a rede coletiva de todas as relações profissionais dos funcionários de uma organização. Podem ser relacionados com membros do conselho, clientes, parceiros e fornecedores, bem como ex-funcionários e pessoas influentes em todos os setores.

Conclusão

A inteligência aplicada à gestão de relacionamentos empresariais e o networking permite que as organizações avaliem o valor do capital de mercado e os profissionais se relacionem de forma qualificada com outros profissionais, criando oportunidades e benesses para ambos.

Inclusive, ao mapear as relações de negócios, as organizações podem pesquisar e identificar o caminho mais forte para se conectar com os influenciadores e tomadores de decisão críticos para o sucesso.

A busca por bons contatos junto à rede empresarial de um escritório de contabilidade fiscal, entre outros segmentos, tende a ampliar o valor e aumentar a inteligência de gestão de relacionamentos empresariais. 

Isso cria um efeito de networking para revelar conexões mais acionáveis.

As organizações com culturas orientadas por dados passam a enxergar o maior valor e colaboração interna, à medida que ampliam o alcance de networking no mercado. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Related Posts

© 2022 Abracoa - WordPress Theme by WPEnjoy